Raquel Dodge diz que vai ‘redobrar’ combate à corrupção ao comentar ‘desconfianças’ sobre atuação da PGR

0 15

Procuradora-geral da República discursou em evento do dia internacional de combate à corrupção.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse nesta segunda-feira (3), ao citar “desconfianças” com relação ao trabalho da procuradoria, que vai “redobrar” o combate do órgão à corrupção.

Dodge discursou em um evento de comemoração ao dia internacional de combate à corrupção. A procuradora-geral assumiu o cargo em setembro, após o término do mandato do antecessor, Rodrigo Janot.

Dodge citou que tem ouvido “preocupações sinceras” sobre o trabalho do Ministério Público na gestão dela. Ela disse que as dúvidas são “autênticas”, porque a sociedade brasileira é “marcada” pela corrupção.

“Nestes dois meses e meio de mandato, tenho ouvido preocupações sinceras sobre o efetivo compromisso do MP, em minha gestão, contra a corrupção. São indagações autênticas, verdadeiras e coerentes, algumas carregadas de desconfianças e dúvidas que são em tudo compatíveis com a leitura crítica da história brasileira, marcada por ondas sucessivas de avanços e retrocessos no enfrentamento da corrupção”, afirmou a procuradora-geral.

Segundo Dodge, o Ministério Público percebeu que as muitas conquistas do país no combate à corrupção ainda são “insuficientes” para deter a prática criminosa.

“Para dizer de modo eloquente, vamos redobrar o esforço feito até o momento contra a corrupção porque percebemos que o muito alcançado ainda é o insuficiente para paralisar desvios e práticas ilícitas. As práticas de corrupção continuam em curso”, completou Dodge.

Fonte: G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta