Fórum Sindical reúne com governo para cobrar salários

0 10

O Fórum Sindical, grupo composto por diversas categorias   reuniu na tarde desta quinta-feira (08) com  o governador Pedro Taques e secretários de estado que tratam da parte administrativa  do Estado para cobrar uma posição das autoridades o pagamento do salário dos servidores, atrasado desde o dia 05 de fevereiro,  além do aumento da alíquota de  previdência de 11 % para 14%, o que não foi aceitado pela categoria, antes que se faça uma discussão profunda à respeito das causas da possível dificuldade de honrar o pagamento de aposentadoria e pensão de servidores

Na oportunidade o governador Pedro Taques afirmou o pagamento da folha  conforme a legalidade.

“ Até as 15h  desta sexta o  salário estará na conta. Parabenizo a equipe da Secretaria de Fazenda do Estado.  Nesta quinta-feira estava sendo pago 40 mil profissionais da educação.  15 mil servidores da segurança.  4.600 da Secretaria da Saúde, além de 30  mil servidores aposentados que já contribuíram com o Estado. Estou muito feliz por cumprir isso”, disse o governador .

  O presidente do Sindicato dos Profissionais da Área Meio do Poder Executivo do Estado, Edmundo César Leite afirmou que a reunião foi produtiva, tanto que o salário será depositado nesta sexta-feira(10) o salário de 100% dos servidores entre aposentados e pensionistas.

 “ Um dia antes da previsão legal,  que é dia 10 . Neste momento foi uma reunião positiva. Foram discutidos outros assuntos   como previdência. Com o tempo vamos resolver, já que o foco principal seria o pagamento do salário”, disse Edmundo.

O presidente disse ainda que o secretário de Gestão do Estado Júlio Modesto garantiu as progressões da categoria, tranquilizando os servidores estaduais.

 Para o coordenador do Fórum Sindical, vice-presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros em Mato Grosso e diretor jurídico do Sindicato dos Profissionais da Área Meio do Poder Executivo de Mato Grosso(Sinpaig/MT), Antonio Wagner de Oliveira, é preciso descobrir se o governo nos anos anteriores repassou a cota a parte que seria obrigação do Estado.  Identificando de onde veio esse legado, que é a falha no caixa da previdência do Estado.

“O governo dá sinal que dará transparência a isso, agradando o servidor. Dessa forma participaremos ainda mais da discussão de maneira técnica, indicando empresas que podem contribuir nisso”, disse Wagner.

O Governo do Estado paga nesta sexta-feira (09.02) os salários de todos os servidores em atividade e aposentados. A Secretaria de Fazenda (Sefaz) informa que os valores estarão disponíveis nas respectivas contas após 18h. Com a folha líquida de janeiro, o Executivo injeta R$ 435,520 milhões na economia de Mato Grosso.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta