Energia pode ter reajuste de 10,62% em Mato Grosso

0 106

ReporterMT

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs um reajuste médio em Mato Grosso de 10,62% para unidades consumidoras de baixa tensão, 8,36% para média tensão e 3,15% para consumidores conectados em alta tensão.

Se aprovados os novos valores, os reajustes entrarão em vigor a partir de abril, para 1,3 milhão de unidades consumidoras, localizadas nos 141 municípios de Mato Grosso. A Aneel informa que os índices ainda serão debatidos em audiência pública e por enquanto são preliminares.

Nos últimos três anos, as tarifas oscilaram com quedas de -2% a aumentos de até 9% para as unidades consumidoras de baixa tensão.

A Aneel vai realizar nesta quinta-feira (22) uma audiência pública em que serão definidas quais as tarifas que a Energisa Mato Grosso Distribuidora de Energia S.A – EMT deverá aplicar no Estado.

O evento será realizado, das 15h às 18h, no Auditório do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso – FIEMT, localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4193 – Bosque da Saúde.

A Aneel esclarece que a revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela agência.

A audiência também discutirá a qualidade do serviço e os limites dos indicadores de continuidade *DEC e **FEC dos conjuntos da EMT estipulados para o período de 2019 a 2023.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta