Produtores e empresários debatem implantação de ferrovia no Araguaia

0 58
Foto: Dlida Sampaio/Estadão

O Sindicato Rural de Querência fará nesta sexta-feira (23/02), em parceria com a prefeitura e a câmara municipal, uma reunião para tratar da viabilidade técnica e econômica de construção de uma ferrovia que ligará Querência-MT à Ferrovia Norte-Sul em Tocantins. O evento será às 19h30, o auditório do sindicato, localizado na avenida Mato Grosso nº 388 no setor, e é aberto para empresários, produtores e população local.

 

O objetivo é discutir com produtores rurais, empresários e autoridades a viabilidade técnica e econômica de construção de uma ferrovia que sairá do município de Querência, cidade situada ao nordeste do estado a 927 km de Cuiabá, ligando toda região aos principais portos do Brasil.

 

O presidente do Sindicato Rural de Querência Osmar Frizzo destaca que esta ferrovia seria uma alternativa a mais para o escoamento da produção agrícola da região, barateando os custos e diminuindo a distância para os portos. “Se conseguirmos baratear o custo com logística, agregaremos valor a nosso produto e alavancaremos ainda mais o desenvolvimento da última e maior fronteira agrícola do estado de Mato Grosso”.

 

Segundo o projeto de construção da ferrovia, ela sairá de Querência paralela à BR-080 passando por Ribeirão Cascalheira e chegando até a Ferrovia Norte-sul em Tocantins. Através da Ferrovia Norte-Sul estará ligada a ramais dos portos de Ilhéus (BA) e portos da região norte.

 

Durante a reunião será feita a apresentação dos estudos técnicos elaborados pela empresa contratada para a construção.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta