Em Nota Pública, a ASAGER rebate envolvimento de servidores da AGER em fraudes

0 57

 

A ASAGER – Associação dos Servidores Efetivos da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Mato Grosso vem a público manifestar acerca das últimas notícias que vêm sendo veiculadas na imprensa em decorrência da Operação “Rota Final”, em que se afirma que servidores da AGER/MT estariam envolvidos em ações fraudulentas contra o processo licitatório do serviço público de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros, bem como estariam beneficiando empresas que atualmente exploram o serviço no Estado.

Esclarecemos que a categoria de Analistas Reguladores da AGER/MT, apesar de ser um quadro muito reduzido em relação as demais categorias de servidores do Estado, contando apenas com 27 profissionais, sempre se esforçou para cumprir com suas atribuições conferidas por lei para regular, fiscalizar e controlar os serviços públicos delegados nos setores de rodovias, gás canalizado, energia elétrica, saneamento e transporte coletivo rodoviário intermunicipal de passageiros no Estado, pautando-se pelo compromisso, ética e eficiência.

Assim, esta categoria repudia e não coaduna com qualquer tipo de irregularidades na prestação dos serviços públicos os quais temos o dever de regular e fiscalizar, manifestando que estamos à disposição para colaborar e prestar quaisquer informações requeridas pelos órgãos de controle, pelo judiciário e pela sociedade.

Por fim, reafirmamos nosso compromisso na busca pela regularidade legal do sistema de transporte intermunicipal de passageiros, por meio do processo licitatório, assim como no cumprimento da legislação do setor, de forma isonômica, por todas as empresas que operam o sistema.

 

Cuiabá-MT, 26 de abril de 2018.

 

            JAMES GONÇALO DE ARRUDA JAUDY

Presidente da Associação dos Servidores Efetivos da AGER/MT – ASAGER

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta