Deputado ressalta a união dos poderes para ampliar o hospital metropolitano no combate ao Covid-19

7

Foto: JL Siqueira

O deputado Carlos Avallone (PSDB) destacou a entrega das obras de ampliação do Hospital Metropolitano de Várzea Grande. Realizada pelo governo estadual em tempo recorde com modernas técnicas de engenharia, a ampliação torna a unidade uma referência estadual para atendimento dos casos graves do coronavírus. A obra foi concretizada com recursos da Assembleia Legislativa que cortou gastos, economizou e repassou R$ 10 milhões ao governo do Estado, aproximadamente 70% do custo total da ampliação.

O hospital ganhou 30 novos leitos de UTI e 180 novos leitos clínicos. Agora a capacidade total, considerando os leitos já existentes antes da ampliação, é de 278 leitos, sendo 40 de UTI e 238 leitos clínicos.

Na condição de presidente do Observatório Socioeconômico da Assembleia Legislativa, grupo que faz a interlocução entre os poderes e setor produtivo no combate à pandemia, Avallone fez sete visitas às obras do hospital desde o dia 28 de março, acompanhando e fiscalizando o andamento dos trabalhos.  “Esta é uma ação preventiva, que considera a possibilidade de aumento dos casos. Claro que ninguém deseja isso e é importante manter o isolamento social e todas as medidas preventivas, mas Mato Grosso precisa estar com a rede hospitalar preparada”, disse o deputado.

Avallone ressaltou a união de esforços para atender adequadamente a população nesse momento tão difícil. “Com a união de todos, do governo estadual, da Assembleia Legislativa e da iniciativa privada, que também está doando produtos e equipamentos de proteção, estamos fortalecendo o combate ao coronavírus. Com estas e outras ações, Mato Grosso pode continuar entre os estados com menor índice de infestação, e com uma estrutura hospitalar adequada caso seja necessária”.

Com a reforma, foram recuperados os espaços da recepção, do pronto-atendimento, ambulatório, centro cirúrgico e Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e setor administrativo. Após a pandemia, a estrutura construída ficará em definitivo para o Hospital Metropolitano, que terá um total de 278 leitos e continuará atendendo às especialidades médicas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.