R$ 4,2 milhões para fomentar micro e pequenas empresas em MT

15

Desenvolver produtos, serviços ou processos inovadores de micro e pequenas empresas de Mato Grosso é o objetivo do Tecnova II – MT. O programa, uma parceria dos governos Estadual e Federal, investirá R$ 4,2 milhões nas empresas selecionadas pelo edital que será lançado no dia 18 de fevereiro, pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat).

As empresas deverão ser sediadas em Mato Grosso e podem participar individualmente ou em associação com outras empresas brasileiras que atendam ao edital. As propostas serão objeto de seleção pública e cada empresa selecionada poderá receber subvenção de até R$ 200 mil. Ao final da execução dos projetos, deverão estar em condições de ingressar em uma das etapas de certificação, produção ou comercialização.

O Governador do Estado, Mauro Mendes, diz que em Mato Grosso, os dados mostram que as micro, pequenas e médias empresas são as maiores geradoras de emprego. “Nós do Governo de Mato Grosso temos incentivado o empreendedorismo, inclusive com ações voltadas a simplificar e fomentar quem pretende ter seu próprio negócio. Esse programa é mais uma ferramenta para auxiliar as iniciativas inovadoras que demonstram ter viabilidade”, disse.

“Em uma situação de pandemia como estamos vivendo desde o ano passado, é necessário investir nos empreendedores do nosso Estado. São eles que estão nos municípios e fazem a economia girar, gerando emprego e renda para a população”, afirma César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso.

O presidente da Fapemat, Marcos de Sá, diz que esta é uma estratégia para micro e pequenos empresas se reinventarem. “O fomento à inovação é uma das principais ações da Fapemat e, por isso, apostamos neste programa que irá introduzir novos produtos e processos no mercado ou agregará melhorias nos já existentes. Assim, haverá geração de emprego, distribuição de renda, inclusão social, redução da informalidade e fortalecimento da economia”.

O limite das propostas é de R$ 100 mil a R$ 200 mil, com contrapartida de 5% do valor da proposta. Os temas são agronegócio, tecnologia da informação e comunicação (TIC), metalomecânica, reaproveitamento, química, construção civil, bioeconomia, energia.

O programa Tecnova II – MT tem recursos do Governo do Estado, por meio da Fapemat, e do Governo Federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científicos e Tecnológico (FNDCT/Finep) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

O prazo de submissão das propostas será de 18/02 a 30/04, pelo endereço http://sigfap.fapemat.mt.gov.br. Informações em www.fapemat.mt.gov.br e dúvidas pelo e-mail: tecnova@fapemat.mt.gov.br.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.