Agentes apreendem drogas, celulares e 95 armas artesanais durante operação no presídio em Sinop

357

A direção do presídio Osvaldo Florentino Leite Ferreira, o Ferrugem, em Sinop, coordenou uma operação para uma revista minuciosa em todos os raios da unidade prisional, concluída com a apreensão de 23 aparelhos celulares, 39 chips, fones de ouvido, baterias, 33 carregadores, cabos USB, 318 gramas de entorpecentes, balanças artesanais, 4 serras e 95 armas artesanais (chuços, facas).

Também foram realizados reparos e manutenção em grades, limpeza geral das áreas de circulação internas e externa e pintura, assim como a impermeabilização de lajes dos raios, cobertura de solários, entre outros serviços elétricos e hidráulicos.

“A realização desta operação se justifica na necessidade de não apenas executar e desenvolver as atividades de rotina, mas também garantir parâmetros mínimos de segurança e combate às constantes tentativas criminosas em burlar protocolos de segurança para criar oportunidades de prática delituosa. Nosso compromisso é de dar resposta proporcional, contribuindo para o fortalecimento do sistema penitenciário e por um ambiente prisional mais próximo do interesse social”, destacou o diretor em exercício da penitenciária, Roni de Souza.

Deixe uma resposta