Coronel PM chefiará a Casa Militar no governo Mauro Mendes

239
O governador diplomado de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), definiu o tenente-coronel Eduardo Henrique Souza como o chefe da Casa Militar na gestão a ser iniciada em 1° de janeiro de 2019. A escolha foi concretizada nesta quinta-feira (27). Eduardo Henrique atua há 27 anos na corporação.

A Casa Militar possui a missão de assistir imediatamente ao governador no desempenho de suas atribuições, prestar assessoramento militar ao cerimonial oficial do Estado, gerir os serviços de proteção pessoal do governador e seus familiares, bem como a segurança pessoal do vice-governador e, excepcionalmente, do secretariado, autoridades e outras pessoas, quando expressamente determinado pelo governador.
Também cabe a esta secretaria realizar atividades de inteligência e contrainteligência de interesse governamental; executar serviços de segurança da sede do governo e residência do governador, bem como dos demais locais e adjacências onde ele estiver presente; gerir os serviços de transporte aéreo e viário do governador e vice-governador; e coordenar os serviços de transporte aéreo dos demais órgãos do Poder Executivo, além de coordenar as atividades do Comitê Estadual de Acompanhamento de Conflitos Fundiários do Estado.
“É um servidor de minha extrema confiança, cujo trabalho é reconhecido por toda a corporação. Possui toda a experiência e qualificação para desempenhar este papel e tenho certeza que irá engrandecer o Governo e a secretaria”, afirmou o governador diplomado.
*Trajetória*
Eduardo Henrique já trabalhou na Casa Militar na gestão do ex-governador Blairo Maggi e chefiou o Comando Regional de Juína. Também coordenou o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública de Mato Grosso (CIOSP) e foi secretário municipal de Ordem Pública na Prefeitura de Cuiabá na gestão de Mauro Mendes. O militar ainda comandou a segurança do governador eleito durante a campanha eleitoral.

Deixe uma resposta