Base do prefeito Emanuel Pinheiro fica consolidada com a efetivação do vereador Luís Cláudio do PP

433

A posse do vereador Luís Claudio (PP), na Câmara de Vereadores de Cuiabá, durante sessão solene na noite desta terça-feira (22), consolidou ainda mais, a base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), no legislativo cuiabano. Até então, Luís Cláudio, que chegou a ser líder do prefeito no último semestre, era suplente do vereador progressista Paulo Araújo, que deixa a vereança para ocupar o cargo deputado estadual. Paulo Araújo  toma posse no dia 1º de fevereiro na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Mas, foi na vaga do também vereador do PP, Vinicyus Hugueney, que Luís Cláudio assumiu a vaga de primeiro suplente de vereador, após as eleições de 2016, quando obteve 2.489 votos.

Paulo e Luís revelaram fidelidades partidárias e de amizade pessoal para centenas de cabos eleitorais, vereadores, amigos e parentes, que prestigiaram a solenidade de posse. O evento contou ainda, com a presença de um missionário da Igreja Católica, que fez a oração ao Pai Nosso.

“Um dia especial! Um momento emocionante e de muita gratidão! Dia da minha posse como vereador por Cuiabá, assumindo a vaga do meu amigo Paulo Araújo, agora deputado diplomado por Mato Grosso. Devo tudo a minha família e amigos pela lealdade e parceria, que ajudam a minha caminhada ser bem sucedida”, disse Luís.

No período de aproximadamente um ano e oito meses, Luís Cláudio ressaltou suas iniciativas, que contribuíram para a melhoria da qualidade de vida da população cuiabana. O vereador enumerou que nesses dois anos, conseguiu a aprovação de leis importantes, que promoveram a justiça para sociedade, como a gestão de ruas sem saídas, melhorias no atendimento aos pacientes celíacos, a revisão das leis municipais, as utilidades públicas e a proibição nos estacionamentos nas funerárias.

“Diante de todas as dificuldades que os homens públicos atravessam e que são muitas, tenho orgulho de dizer que sou político. Pois é nesse campo da politica que se promovem todas as mudanças da sociedade”, disse.

 

 

 

Deixe uma resposta