Lideranças se mobilizam em Brasília pela votação da sessão onerosa nesta quarta-feira

107

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga vai á Brasília  nesta  quarta-feira (28), para acompanhar no período da manhã, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 98/2019, que trata da chamada cessão onerosa. A tarde, Fraga participará do movimento que fará pressão no Senado Federal, para que a PEC   seja colocada em plenário para votação no mesmo dia.

A PEC 98/2019 da sessão onerosa permitirá a divisão dos recursos arrecadados pela União nos leilões do pré-sal com os estados e municípios. A proposta foi acordada entre o governo federal, governadores, senadores, deputados federais e prefeitos, através do movimento municipalista brasileiro.

A proposta garante que os entes federados recebam parte dos valores que serão pagos pelas empresas que vão explorar o excedente de petróleo encontrado no pré-sal, chamado bônus de assinatura. Fraga explica que de acordo com a proposta, se espera arrecadar com o leilão, que será realizado em novembro, cerca de R$ 106 bilhões. Deste total, R$ 36 bilhões vão para a Petrobras. Dos R$ 70 bilhões restante, 30%, que corresponde a R$ 21 bilhões serão divididos entre os estados e municípios brasileiros. Cada um desses entes, ficará com R$ 10,5 bilhões, que serão liberados em uma única  parcela, por meio de uma conta específica que o governo federal vai creditar, sem o desconto do Fundeb. O critério de distribuição dos recursos será o do FPE (para os estados) e do FPM (para os municípios).

Com isso se espera que os   municípios de Mato Grosso recebam o montante de mais de R$ 190 milhões. “Isso provocará um significativo incremento na receita dos municípios e do estado de Mato Grosso. O governo está prevendo o repasse até o final de dezembro”, assinalou.

Por se tratar de um acordo entre o Ministério da Economia, Congresso Nacional e o Movimento Municipalista brasileiro, a sessão onerosa já faz parte do novo Pacto Federativo, que está sendo discutido no Congresso Nacional.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.