Em Sorriso, funcionária é presa por suspeita de desviar mais de R$ 60 mil de idosa

184

A  funcionária pública Bruna Larissa Gozer dos Santos, de 32 anos, foi presa acusada de desviar cerca de R$ 62 mil de uma idosa, de 66 anos, em Sorriso (a 420 quilômetros de Cuiabá). A suspeita trabalhava para a vítima em uma loja de suplementação alimentar.

De acordo com informações da Polícia Civil, a suspeita era encarregada de administrar os negócios da vítima e atendimento a clientes, como também realizava recebimentos em dinheiro e cheques, além da máquina de cartão.

Conforme a investigação, Bruna fazia transações pela máquina de cartão e passava valores acima do que era devido e os embolsava, inclusive os que estavam em caixa.

Entre o período de 21/09 a 22/10, a idosa esteve em viagem. A suspeita então se aproveitou para furtar bens e transferir para sua conta particular todos os valores da vítima, que somam o total de R$ 62 mil.

As atitudes, conforme a polícia, foram premeditadas, mediante abuso de confiança e com agravante de serem praticadas contra pessoa idosa.

Bruna teve a prisão efetuada pela Polícia Civil de Sorriso e será encaminhada à audiência de custódia. Ao delegado Nilson Farias, a suspeita confessou os crimes. Ela foi autuada por estelionato e furto praticados com abuso de confiança.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.