Filha de procuradora de MT é presa após comprar drogas em boca de fumo

68

Raphaela Maria, 30 anos, filha de uma procuradora de Justiça de MT, foi presa em flagrante com drogas na bolsa, na noite dessa quinta-feira (31), enquanto saía de uma casa suspeita no bairro José Pinto e tentar escapar em um táxi, após perceber uma viatura da Polícia Militar (PM) da residência, na região do Porto, em Cuiabá.

A PM, em rondas pela região da Travessa Manoel Pinto, por volta das 20h, no Porto em Cuiabá, percebeu que numa casa próxima, uma “mulher loira”, segundo boletim de ocorrência, aparentou nervosismo e correu para dentro de um táxi para fugir do local após reparar que os militares se aproximavam.

A viatura da PM acompanhou o táxi e, a poucos metros à frente, fez a abordagem, quando identificou Raphaela e encontrou em sua bolsa três porções de pasta base e três de maconha, sendo dois de tamanho médio e um pequeno.

Aos policiais, a acusada disse ser dependente química e que comprou as drogas de um homem identificado apenas como Josemar na casa onde foi vista saindo pelos policiais.

Com a mulher detida, os militares voltaram à residência, onde invadiram e encontraram Josemar com mais três homens, identificados por Alexandre, Hebert e Leonardo.
Os criminosos resistira e foi necessário o uso de força para imobilizar.

A PM pediu apoio e conseguiu prender os quatro bandidos. Com eles foram encontrados 8 porções médias de maconha. Em revista pela casa, dentro de uma gaveta, os militares encontraram R$ 2.060 em espécie, além de celulares que os acusados não souberam informar a procedência.

Todos os envolvidos foram encaminhados à Central de Flagrantes, onde ficaram detidos aguardando os procedimentos legais.

Após buscas pelo sistema judiciário, foi verificado que todos os homens têm passagens criminais. Josemar por homicídio; Alexandre por furto e Hebert por tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.