Em Tangará, ex não aceita término, espanca e tenta estuprar mulher na frente dos filhos

48

Uma mulher de 24 anos, nome não divulgado, sofreu tentativa de estupro e foi espancada pelo ex-marido Jonatas Martins da Silva, de 33 anos, na madrugada dessa segunda-feira (02), em Tangará da Serra (242 km da Capital).

Jonatas, que trabalha como pedreiro, foi casado com a vítima por 10 anos e têm três filhos com a ex, além de um enteado.

A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, aonde chegou inconsciente e com suspeita de fratura no maxilar.

O ex-casal conversava por vídeo-chamada de um aplicativo de celular, quando o acusado mostrou uma arma para a vítima e disse que teria comprado para se defender. Em outro momento da conversa, ainda com a arma na mão, o pedreiro afirmou que se ela não fosse dele, não seria de mais ninguém.

Após ver que a ex não cedeu em aceitar ele de volta, Jonatas invadiu a antiga casa e tentou estuprar a vítima, que se recusou a aceitar a violência sexual, então ele partiu para cima dela com chutes e socos, na frente dos quatro filhos. Após a mulher cair desacordada, ele roubou o celular dela e fugiu.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e fez buscas pela região, mas não encontrou o agressor.

Após receber alta da unidade de saúde, a mulher compareceu à Delegacia da Mulher para registrar a ocorrência e pedir medidas protetivas.

O caso é investigado pela Delegacia da Mulher do município e o crime registrado por ameaça, tentativa de estupro, lesão corporal, dentro da lei Maria da Penha.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.