Deputados resolvem aprovar reajuste das taxas do Detran/MT e entram de recesso parlamentar

116

O presidente da Assembleia legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho (DEM) avaliou, que a aprovação do reajuste das taxas do Detran/MT, na tarde desta quarta-feira (18), eram necessárias por estarem defasadas. Além disso, Botelho descartou que o legislativo tenha dado liberdade ao Governo para propor novos aumentos sem antes consultar os deputados estaduais. O projeto foi aprovado com base em uma emenda de Lúdio Cabral (PT) assegurando que as possíveis alterações devem passar novamente pela Assembleia Legislativa. “Não demos autonomia para o Executivo, mas se for necessário novas alterações elas devem voltar para o Legislativo”, disse Botelho.

As taxas do Detran foram retiradas da pauta de votação, na semana passada, sob argumento de que os novos valores não condiziam com a realidade financeira dos contribuintes.

Botelho justificou que a lei tem que ser aprovada no ano anterior para valer no ano seguinte. “O governo precisava fazer essas correções e os deputados compareceram para aprovar, mas o projeto teve alteração dos parlamentares”, afirmou o deputado.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.