Maestro de Paranatinga apanha de garota de programa em Várzea Grande

238

Um servidor público do município de Paranatinga, 53 anos, identificado como A.C.A.J., foi agredido e teve o celular furtado dentro de um motel na região do Zero Quilômetro, em Várzea Grande, na madrugada desta sexta-feira (20). A autora das agressões é uma garota de programa, que acusa do servidor, que é maestro regente, de não pagar pelos serviços sexuais.

A Polícia Militar foi acionada para atender uma “desavença” na suíte de um motel. No local, a vítima que teria contratado o serviço da suspeita “Manoela”. No entanto, ao entrarem no quarto, uma terceira pessoa teria batido na porta e, ao entrar, passou a agredir o servidor com socos e tapas. Ela dizia que o servifor por “serviços” prestados há alguns dias.

A mulher que entrou no quarto foi identificada como “Renata” e seria amiga da garota de programa “Manoela”. A suspeita ainda levou o aparelho celular do servidor e cartões de banco. Na saída, ainda quebrou o vidro do carro.

A vítima alega que a garota “Manoela” também teve participação no ocorrido e foi levada para a Central de Flagrantes de Várzea Grande. A suspeita “Renata” não foi localizada.

O servidor teve ferimentos no rosto, nariz e braços.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.