Ambiente escolar é encorajador, não desestimulador

31

Luis Cláudio

O vereador não fiscaliza o Estado, mas não pode ser omisso às falhas administrativas, que ocorrem nas secretarias do governo de Mato Grosso, porque elas também afetam a vida de todos os cidadãos, que vivem nos municípios. Nesta semana, acompanhamos angustiado o protesto de alunos da escola estadual, que querem continuar seus estudos em tempo integral em 2020, na escola Nilo Póvoas, que fica no bairro, Bandeirantes, no centro de Cuiabá. No entanto a secretaria estadual de Educação anunciou o fechamento da unidade escolar e alegou ociosidade no número de vagas na escola que tem capacidade para cerca de 1 mil alunos, mas que está atendendo somente 148 alunos em tempo integral.

Conforme o anúncio, a Seduc também propôs remover os alunos para escola estadual Antonio Epaminondas, enquanto faz uma reforma no prédio da Nilo Póvoas, que tem mais de 50 anos de história no ensino público em Cuiabá. Em seguida, a Seduc deverá abrigar no mesmo prédio, alunos da escola estadual Barão de Melgaço, que vão ter somente ensino médio.

Todos os esforços para qualquer investimento feito na educação, não se comparam ao ganho real para o fortalecimento e o crescimento social de todos os cidadãos brasileiros. Incentivar a educação é assegurar qualidade, autocontrole e a sociabilidade, na escola, na carreira profissional que segue a vida inteira.

O acesso à boa educação propicia melhoria e capacidade na vida, principalmente de alunos que tem vida financeira desfavorável e provavelmente, pouca chance de obterem sucesso na escola e na vida adulta.

Quando a escola gera perspectivas positivas, os alunos retornam para suas casas entusiasmados. Isso é fato. Eles ampliam o convívio social com o mesmo entusiasmo, porque têm a segurança do conhecimento adquirido na sala de aula com professores qualificados e que também entusiasmados, ampliam o conhecimento para a sociedade.

Manter as estruturas escolares é estimular pais e alunos ao ensino com qualidade como é a escola em tempo integral e que, aliás, o Brasil tem adotado. O governo federal anunciou que vai ampliar esse antigo conceito de educação e que foi resgatado para 2020. Os resultados futuros serão de pessoas no caminho do sucesso profissional. A escola deve ser um ambiente encorajador e não desestimulador para as ambições dos alunos na busca pelo conhecimento.

Luis Cláudio é vereador em Cuiabá

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.