Metade dos congressistas em compromissos de Bolsonaro é do PSL

55

Foto: Marcos Correa

O presidente Jair Bolsonaro teve ao menos 599 nomes de deputados e senadores citados na sua agenda de compromissos em 2019, de acordo com dados divulgados pela agenda pública do Planalto e compilados pelo Poder360.

O PSL, ex-partido de Bolsonaro, teve o maior espaço na agenda presidencial. Foram 280 menções a nomes do PSL nos encontros, número que equivale a quase metade (47%) do total. Em seguida, aparecem DEM (62), MDB (50) e PSD (46).

O líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), foi o congressista que mais vezes apareceu na agenda:  103 vezes. Os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tiveram 21 e 16 encontros registrados, respectivamente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.