DC e PSL obtém credencial para as principais comissões na Assembleia Legislativa de Mato Grosso

As siglas também têm condições de disputar a eleição para presidência do Legislativo que poderá acontecer entre junho e setembro deste ano

26

Após nova composição deliberada pelos diretórios nacionais do PSL e DC, os deputados estaduais do Democracia Cristã (DC) e do Partido Social Liberal (PSL), se unem para formar a maior bancada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A união das siglas possibilita que os partidos tenham ainda, maior força para participarem nas principais comissões, concorrer as eleições para a Mesa Diretora do Legislativo e também apoiar ou indicar um candidato para a  eleição extemporânea ao Senado, em abril deste ano. “estamos credenciados a tudo, formando um grupo forte”, disse Sílvio Fávero.

Os deputados estaduais Delegado Claudinei e Silvio Fávero, ambos do PSL e o deputado estadual Ulysses Moraes, que deixou o DC nesta semana para se filiar a legenda pesselista, além do deputado Elizeu Nascimento (DC), estiveram reunidos ontem (5) para oficializar a formação do bloco no Legislativo Estadual.

“Vemos com esta nova composição na Assembleia Legislativa uma forma de fortalecer nossos partidos, principalmente, por estarmos próximo a campanha do Senado, bem como para as eleições municipais que acontecerão neste ano. Isto porque poderemos fazer ‘dobradinhas’ PSL/DC em vários municípios. Podemos dizer que somos um grupo forte atualmente no legislativo. Continuo no PSL e apoiando o governo Bolsonaro”, declara Delegado Claudinei.

Em declaração, Ulysses Moraes reconheceu a força da nova composição e destacou como fundamental o surgimento deste grupo no Parlamento. “Eu continuo com os mesmos princípios, defendendo a economia no Legislativo, abrindo mão do fundo eleitoral e combatendo à corrupção, além de elogiar as pautas econômicas do Governo Federal”, conclui Ulysses.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.