DC e PSL obtém credencial para as principais comissões na Assembleia Legislativa de Mato Grosso

As siglas também têm condições de disputar a eleição para presidência do Legislativo que poderá acontecer entre junho e setembro deste ano

256

Após nova composição deliberada pelos diretórios nacionais do PSL e DC, os deputados estaduais do Democracia Cristã (DC) e do Partido Social Liberal (PSL), se unem para formar a maior bancada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A união das siglas possibilita que os partidos tenham ainda, maior força para participarem nas principais comissões, concorrer as eleições para a Mesa Diretora do Legislativo e também apoiar ou indicar um candidato para a  eleição extemporânea ao Senado, em abril deste ano. “estamos credenciados a tudo, formando um grupo forte”, disse Sílvio Fávero.

Os deputados estaduais Delegado Claudinei e Silvio Fávero, ambos do PSL e o deputado estadual Ulysses Moraes, que deixou o DC nesta semana para se filiar a legenda pesselista, além do deputado Elizeu Nascimento (DC), estiveram reunidos ontem (5) para oficializar a formação do bloco no Legislativo Estadual.

“Vemos com esta nova composição na Assembleia Legislativa uma forma de fortalecer nossos partidos, principalmente, por estarmos próximo a campanha do Senado, bem como para as eleições municipais que acontecerão neste ano. Isto porque poderemos fazer ‘dobradinhas’ PSL/DC em vários municípios. Podemos dizer que somos um grupo forte atualmente no legislativo. Continuo no PSL e apoiando o governo Bolsonaro”, declara Delegado Claudinei.

Em declaração, Ulysses Moraes reconheceu a força da nova composição e destacou como fundamental o surgimento deste grupo no Parlamento. “Eu continuo com os mesmos princípios, defendendo a economia no Legislativo, abrindo mão do fundo eleitoral e combatendo à corrupção, além de elogiar as pautas econômicas do Governo Federal”, conclui Ulysses.

 

Deixe uma resposta