Operário é eliminado da Copa do Brasil ao empatar com o Santa Cruz na Arena Pantanal

14

O jogo, por vezes, deu sono em quem tentou assisti-lo. O ritmo geral foi lento, as chances de gol foram raras – e nenhuma delas foi convertida em gol. Operário de Várzea Grande e Santa Cruz fizeram, ontem (5), uma partida pobre do ponto de vista técnico. Melhor para o time pernambucano, que tinha a vantagem do empate e garantiu -com o 0 a 0 – a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil.

Sem brilho, tendo que resistir a um drama no final, mas com dinheiro no bolso: a passagem de fase rende R$ 650 mil aos cofres do clube, valor superior á folha salarial da equipe, de cerca de R$ 450 mil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.