Vereadores aprovam cassação de Abílio Junior

205

Entre discussões e ânimos exaltados, os vereadores que compõem a Comissão de Ética na Câmara de Vereadores em Cuiabá, aprovaram o relatório por três votos a zero que pede a cassação do mandato do vereador Abílio Júnior (PSC) por quebra de decoro parlamentar. Ele foi acusado de constranger funcionários públicos do Município se utilizando de seu cargo.

O relatório final da investigação contra Abílio foi votado na manhã desta quarta-feira (12), em uma sessão especial que começou com três horas de atraso. Membro da Comissão, o vereador Vinicius Hugueney não apareceu no horário marcado, 7h da manhã.

Ricardo Saad (PSDB) foi o relator e, em seu voto, desconsiderou outra dezena de denúncias que pesavam contra Abílio. Elas tratavam de declarações do vereador que, na avaliação de Saad, estavam protegidas pela imunidade parlamentar.

“Algo longe de ser um privilégio”, Saad destacou, pontuando se tratar de um mecanismo de “proteção” aos vereadores para que possam se manifestar, principalmente, quando fazem críticas a outros agentes políticos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.