Presidente volta alertar para corte de salário de faltosos

165

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), adiou para próxima semana o mutirão para votar os 35 vetos do governador Mauro Mendes (DEM) que não foram analisadas no ano passado. A decisão foi anunciada na sessão ordinária de terça-feira (11) e Botelho já comunicou aos deputados para que não faltem, pois irá descontar do salário e da verba indenizatória os que não estiverem presentes.

Botelho decidiu transferir a votação após a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) não ter finalizado as análises dos vetos para que fossem remetidas ao plenário para votação.

Deixe uma resposta