Reportagem apurou que obra fantasma em Chapada fez sumir R$ 340 mil da prefeitura

82

Balança MT

Uma reportagem produzida pelo jornalista Arthur Garcia e equipe, exibida pelo Programa Balança MT, da TV Cidade Verde (canal 12), nesta segunda-feira (17), apurou uma denúncia de suposto desvio de R$ 340 mil da Prefeitura de Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá).

Com vários documentos e notas fiscais que compravam pagamento, o repórter descobriu que a obra, que seria realizada no Bosque Jonas Oliveira Martins, conhecida como ‘Piscina Pública’, era para estar concluída, mas, até o momento, só existe no papel, apesar de já ter consumido todo o dinheiro pago pela população por meio da arrecadação do IPTU.

E pior, no local não há sinais de que a obra está sendo executada. Muito menos uma placa apontando a execução da obra, mesmo a licitação tendo sido feita ano passado.

Ao tentar conversar com a prefeita, ela perguntou o repórter Artur Garcia se ele verificou a obra, pois, segundo ela, “já estão trabalhando”.

“É mão de obra da prefeitura. R$ 340 mil que vamos gastar na piscina. Vamos fazer a prestação de contas, qual é o problema?”, questionou a prefeita.

O dinheiro que ‘sumiu’ do cofre da prefeitura chega ao montante de R$ 340 mil, somente no caso da piscina. Há outras denúncias apontando que uma pessoa física, que nem engenheira é, foi contratada para executar obras de manilhamento na cidade e já recebeu R$ 62 mil.

Uma arquiteta do município de Jaciara faturou R$ 64 mil com outro projeto. Todos eles são pessoas física e sem processo licitatório.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.