Previdência de Mato Grosso fechou 2019 com a rombo de R$ 1,132 bilhão

138

O governo do Estado publicou no Diário Oficial do Estado o Balanço Orçamentário do Mato Grosso Previdência que previu receitas da ordem de R$ 3,758 bilhões e realizou R$ 3,501 bilhões, portanto, ficando com um prejuízo da ordem de R$ 256,6 milhões em relação às receitas.

Já quanto às despesas foram liquidados os valores de R$ 3,501 bilhões, mas pagos R$ 2,943 bilhões. No cômputo geral, o balanço aponta para um deficit financeiro de R$ 1,132 bilhão.A segunda etapa da reforma estadual deve chegar à Assembleia Legislativa no início de março. Até lá, as entidades sindicais que defendem os servidores

públicos preparam uma contraproposta, que deverá conter sugestões para ao menos amenizar o impacto das medidas. Os itens ainda não foram revelados, mas um deles certamente tocará na idade mínima para aposentadoria. O Estado estabelece 65 anos para homens e 62 para mulheres, assim como na lei federal, mas os servidores discordam.

Deixe uma resposta