Governador Mauro Mendes esvazia Palácio Paiaguás para receber vice-presidente

83

O governador Mauro Mendes (DEM) decidiu suspender o expediente matutino do Palácio Paiaguás de terça-feira (10) para atender a equipe de segurança do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB). Por meio de nota, o governo afirma que “não será permitida a entrada no prédio antes deste horário, por conta dos protocolos de segurança da presidência da República”.

“Na ocasião, o presidente em exercício, Hamilton Mourão, terá agenda como governador de Mato Grosso, Mauro Mendes”, diz outro trecho da nota. Mourão tratará do Conselho da Amazônia Legal com o governo do Estado. O Conselho foi criado sem a presença de governadores dos Estados que compõe a Amazônia Legal.

A decisão de suspender o expediente matutino vai na contramão do que o governo prega sobre ponto facultativo e feriado. Em 2019 Mendes pois fim no que chamou de ‘feriadão’. Tanto que os feriados dos dias 15 e 20 de novembro não foram “emendados”, por meio de pontos facultativos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.