Justiça dá liberdade a homem que matou outro por farol alto em Rondonópolis

70

O TJMT (Tribunal de Justiça de Mato Grosso) acatou pedido da defesa de Maruan Fernandes Haidar Ahmed que matou a tiros Fábio Batista da Silva aos 41 anos —, revogou a prisão preventiva do réu e decretou sua liberdade. A decisão foi proferida na tarde desta quarta-feira (11), em sessão de julgamento da Terceira Câmara Criminal do TJMT.

As gravações do crime do qual Haidar Ahmed é acusado correram o país devido ao impacto das imagens nas quais é possível ver a vítima sendo abatida à bala por ter reclamado do farol alto da caminhonete Volkswagen Amarok dentro de um posto de gasolina na cidade de Rondonópolis (distante 220 quilômetros de Cuiabá) no dia 18 de novembro de 2018.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.