Vereador Delegado Veloso cobra e prefeitura faz repasse emergencial de R$ 2,5 milhões para o HCAN

138

Sid Carneiro

Foto: Hozeander Antônio

“Se o hospital de Câncer de Mato Grosso fechar, a tragédia será irreparável”, afirmou o vereador, Delgado Veloso (PV), durante sessão plenária nesta semana ao cobrar uma solução emergencial da Secretaria Municipal de Saúde para regularizar os repasses no valor de R$ 3.586.316,68 referentes aos meses de novembro e dezembro de 2019. “São recursos carimbados que devem ser destinados àquela unidade de saúde. Não poderemos assistir o fechamento de outra unidade filantrópica como vimos no governo passado”, alertou o vereador.

No entanto, uma reunião do secretário de saúde municipal, Luiz Antônio Pôssas de Carvalho com os vereadores de Cuiabá foi esclarecido, que a direção do HCAN, vai receber R$ 2,5 milhões até esta sexta-feira (13). O restante será pago até ainda dentro do mês de março deste ano para não paralisar o atendimento na unidade médica.

Independente disso, Veloso cobrou o relatório circunstanciado de todos os repasses, que foram feitos nos últimos 24 meses, aos hospitais filantrópicos de Cuiabá.  “Existem recursos a serem repassados aos hospitais filantrópicos e com essa nova postura da gestão municipal de saúde as unidades serão prejudicadas”, observou.

Com base em informações da direção do hospital, o vereador afirmou que os recursos do governo federal foram repassados para a Secretaria Muncipal de Saúde, que por sua vez, deveria transferir para o hospital de Câncer. “O fechamento do HCAN, não será como foi a Santa Casa de Misericórdia encampada pelo atual governo do estado. Essa patologia, não aguarda, ela é implacável”, afirmou.

Na avaliação do vereador, o Hospital de Câncer de Cuiabá trabalha com uma peculiaridade de tratar uma patologia implacável com a vida dos seres humanos que foram afetados por câncer. “O tratamento dessa patologia não pode esperar, uma semana ou um mês. Não pode haver atrasos nos repasses”, disse.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.