STF trabalha para que o voto nas eleições seja por meio digital no celular

65

Futuro presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso, 62 anos, diz que não existem condições para o retorno do voto impresso no Brasil. Defende a modernização do processo eleitoral no país, hoje realizado por meio das urnas eletrônicas.

“Vira e mexe se fala em voltar ao voto impresso. É mais ou menos como abrir uma locadora de videocassete se voltarmos ao voto impresso a esta altura”, disse Barroso.

Assista a seguir à entrevista do ministro Barroso, que ingressou no Supremo Tribunal Federal em 2013, ao Poder em Foco. A entrevista foi gravada em 9 de março de 2020 (45min42seg):

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.