Home care para idosos com suspeita de Covid-19

253

Após anunciada a situação de pandemia no mundo e um caso confirmado do novo Coronavírus (Covid-19) em Cuiabá, o vereador Luis Claudio (Progressistas) protocolou nesta quarta-feira (18) um ofício aos secretários de Saúde municipal, Luiz Antônio Possas de Carvalho, e estadual, Gilberto Figueiredo, solicitando equipes de “home care” aos pacientes idosos, com suspeita do Covid-19, na capital mato-grossense.

Já existem 370 casos no Brasil, sendo registrados pelo Ministério da Saúde apenas 291 casos, até a data de ontem (17).

São Paulo segue com o maior número de casos de Coronavírus, tendo três mortes confirmadas (todos idosos), em decorrência da pandemia.

A medida proposta visa diminuir a exposição dos pacientes idosos, com suspeita do Covid-19, a ambientes de aglomeração; agilizar coleta de material para exame laboratorial e diagnóstico, além de ser um atendimento preventivo, capaz de evitar casos fatais da doença.

Os casos mais graves da doença possuem idosos, com idade superior a 60 anos, como vítimas. E, quanto aos idosos com idade superior a 70, as consequências oriundas do vírus tendem a serem piores, quase letais.

“É muito importante termos este cuidado com os nossos idosos. E, em respeito a eles, que tanto contribuíram na vida, na certeza de obter um tratamento de saúde mais humanizado e preferencial, levamos em consideração a urgência que o momento requer”, destaca o vereador Luis Claudio.

O momento agora é de quarentena. A Câmara Municipal de Cuiabá, entre outros órgãos públicos, estão fechados para atender as medidas de prevenção, elencadas pelo Ministério da Saúde. A suspensão das atividades se dá para que haja a redução na circulação de pessoas, com o fim de evitar aglomerações e propagação do vírus.

SINTOMAS E FÁCIL PROLIFERAÇÃO

Febre, cansaço e tosse seca são os principais sintomas apresentados por pessoas com covid-19. Alguns indivíduos também têm dores no corpo, coriza, congestão nasal, dor de garganta e diarreia (sintomas comuns relacionados a outras doenças), por isso, em alguns fica difícil o diagnóstico e, como consequência, ocorre a proliferação mais acelerada.

Além disso, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), uma em cada seis pessoas sentem dificuldade para respirar.

O Covid-19 pode sobreviver fora do organismo humano por várias horas ou até três dias, em determinadas superfícies.

O vírus pode sobreviver por mais tempo em plástico ou aço inoxidável, chegando a dois ou três dias de sobrevida; no ar, ele pode permanecer por três horas; no cobre, resiste por quatro horas e, em papelão, por até 24 horas.

CUIDADOS

Entre outros cuidados, para salvar vidas, a proposta é ficar em casa, evitando lugares públicos, tais como bancos, supermercados, shoppings centers, bares, restaurantes, atividades culturais e de entretenimento.

Necessário, também, lavar constantemente as mãos com água e sabão, passar álcool em gel 70, tomar banho sempre que chegar da rua, utilizar máscara (com a ressalva de que ela tem durabilidade de até duas horas, caso não seja molhada ou suja). Após o uso da máscara deve-se joga-la no lixo e higienizar as mãos com água e sabão ou gel desinfetante.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.