Em Rondonópolis, policiais apreendem celulares, drogas e drones no presídio da Mata Grande

78

Agentes da Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, apreenderam nesta terça-feira (31) mais um drone que tentava transportar três celulares para dentro da unidade. Os objetos foram apreendidos entre as torres 2 e 4 da unidade prisional e ninguém foi preso.

Essa não é a primeira apreensão realizada em menos de uma semana pelos agentes da Mata Grande. No último domingo (29.03), um homem de 29 anos e um adolescente de 16 foram detidos tentando jogar dois pacotes que continham sete celulares, um chip, uma tela de celular e dois tabletes de substância semelhante à maconha para dentro da unidade.

Os dois foram presos e conduzidos para a Delegacia de Rondonópolis e outros dois suspeitos conseguiram fugir.

Já na noite da última sexta-feira e na manhã de sábado (27 e 28.03), agentes penitenciários da unidade também apreenderam dois drones, três celulares e cinco fones de ouvidos. Foram realizadas buscas pela região, mas ninguém foi preso.

Apesar do número de ocorrências, o diretor da unidade alerta que este tipo de prática não será tolerada e a atenção entre os agentes penitenciários nestes dias estará redobrada.

“A gente vem trabalhando para coibir todas as ações de criminalidade e estamos obtendo êxito nessas apreensões, exemplo disso são estes três casos que ocorreram em menos de uma semana”, destacou o diretor da Penitenciária da Mata Grande, Ailton Ferreira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.