70

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) concretizou a internalização do Sistema de Gestão Empresarial – SIGESP, assegurando uma economia anual superior a R$ 1,8 milhão aos cofres públicos. A ação é fruto do trabalho da equipe de sustentação operacional de infraestrutura e de manutenção evolutiva de sistemas e de um intenso trabalho de gestão da Secretaria de Tecnologia da Informação da Corte de Contas.

O sistema, até então sob domínio de uma empresa privada, contempla vários módulos dentro da administração de um órgão, tais como licitações, contratos, compras, patrimônio, materiais, além do módulo de apoio, para cadastros básicos e alimentação do Portal Transparência.

A ação, assim como a reforma administrativa que está em andamento no órgão de controle externo, fazem parte de um amplo projeto de redução de custos que está sendo implementado pela atual gestão do Tribunal de Contas de Mato Grosso, sob a presidência do conselheiro Guilherme Antonio Maluf.

De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação da Corte de Contas, Mateus Dias Marçal, a internalização do sistema foi possível graças a transferência dos códigos fonte do sistema da empresa para o TCE-MT e do sistema em Nuvem para o Data Center do tribunal, bem como a capacitação dos colaboradores da Corte de Contas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.