Mato Grosso é o 6° Estado com menor índice de mortes no país

23

Os 181 casos confirmados de Covid-19, registrados em Mato Grosso, representam 0,45% do total contabilizado em todo o Brasil. Segundo os números do Ministério da Saúde, divulgados no final da tarde de segunda-feira (20.04), 40.581 pessoas foram infectadas no país.

Deste total, 2.575 morreram, resultando em índice de letalidade de 6,3%. Em Mato Grosso, foram constatadas seis mortes (ou 0,23% do total do país), enquanto a taxa de letalidade ficou em 3,3%, pouco mais da metade da média nacional.

São Paulo lidera tanto o número de infectados quanto de óbitos, respectivamente 14.580 e 1.037, seguido do Rio de Janeiro (4.899 e 422). O Estado do Ceará, terceiro em número de casos (3.482), tem o quarto maior número de mortes (198). Já Pernambuco, quarto em número de infectados (2.690), registrou o terceiro maior número de óbitos (234).

O menor número de casos confirmados de Covid-19 foi contabilizado por Tocantins (34), que também registrou o menor número de mortes (1). Mato Grosso é o oitavo colocado, quando se trata de casos confirmados, e o sexto em menor número de óbitos.

Sete estados ultrapassam a média nacional de letalidade, registrada em 6,3% – Paraíba (13,1%) Alagoas (10,5%), Pernambuco (8,7%), Amazonas (8,6%), Rio de Janeiro (8,6%), Piauí (7,6) e São Paulo (7,1%).

Mato Grosso, com pouco acima da metade da taxa nacional (3,3%), é o nono no ranking entre os menores índices de letalidade. As menores taxas foram registradas por Roraima (1,2%), Rondônia (2,5%), Espírito Santo (2,8%) e Distrito Federal (2,8%).

A região Sudeste (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo) lidera em número de infectados, com 21.836 casos confirmados ou 63,8% do total, enquanto o Centro-Oeste registrou o menor número (1.627 ou 4,09%). No intervalo, estão o Nordeste, com o segundo maior número de casos (10.088 ou 24,9%), Norte (4.109 ou 10,1%) e o Sul (2.921 ou 7,2%).

No boletim do dia 19 de abril, Mato Grosso, com cinco mortes, registrava o quarto menor número nacional, ao lado de Sergipe e Mato Grosso do Sul, enquanto sua taxa de letalidade, de 2,9%, era a quinta, no mesmo patamar do Distrito Federal.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.