Prefeito de Cuiabá autoriza abertura gradual do comércio em horário reduzido

56

Shoppings centers, academias, clubes, boates e similares continuam proibidos de funcionarem até maio. Feirantes e vendedores ambulantes também seguem impedidos de retomarem suas atividades

(Por Welington Sabino , agoramt)

image

Novas medidas emergenciais de enfrentamento ao novo coronavírus em Cuiabá anunciadas pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) autorizam a reabertura gradual do comércio em diversos segmentos a partir da próxima segunda-feira (27 de abril). Para isso, o gestor publica nesta quarta-feira (22) o decreto municipal nº 7.886 que dispõe sobre um plano estratégico de retomada gradativa e segura das atividades econômicas na Capital.

Conforme o prefeito, atividades do comércio varejista e atacadista em geral antes impedidas, poderão retomar as atividades a partir de 27 de abril, das 10h às 16h. “Vamos começar devagar, em apenas um turno de seis horas”, ponderou o gestor durante entrevista coletiva virtual na tarde desta segunda-feira (20).

Setor atacadista e varejista de gêneros alimentícios, principalmente supermercados, que já estão funcionando com restrições, das 8h às 19h, passarão a funcionar das 6h30 às 21h. No caso das padarias, nada muda sendo mantido o horário de funcionamento entre 6h e 19h.

Para lojas de conveniências e distribuidoras de bebidas o horário de funcionamento de segunda a sexta-feira será das 8h às 19h enquanto aos sábados, domingos e feriados esse expediente será reduzido, podendo funcionar das 8h às 13h. Mapeamento da Prefeitura apontou são esses estabelecimentos que mais juntam pessoas aglomeradas até a noite e madrugadas, vendendo bebidas, juntando gente com carro de som e aumentando os riscos de propagação do novo coroanvírus.

O prefeito chegou a cogitar decretar toque de recolher em seis bairros da cidade, mas segundo ele, na última semana houve melhora e a população passou a sair menos de casa e colaborar mais deixando de frequentar esses locais.

Quanto à prestação de serviços em geral, quem atua nesse segmento só poderá retomar as atividades a partir de 4 de maio das 8h às 14h e também trabalhando em apenas um turno.

Atividades industriais em geral retornarão as atividades a partir de 11 de maio, mas apenas em três dias durante a semana e cumprindo turnos máximos de 10h mediante revezamento de equipes em dois periodos entre 6h e 16h.

Shoppings e academias fechados até maio

Sicom-Cuiabá

Emanuel Pinheiro

 Prefeito Emanuel Pinheiro anuncia reabetura gradual do comércio em Cuiabá

Emanuel Pinheiro informou ainda que shoppings centers, restaurantes, bares, academias e clubes só voltarão a funcionar a partir de maio (provavelmente a partir de 10 de maio). No entanto, o retorno terá que ser autorizado em novo decreto a ser elaborado e anunciado em outro momento.

As escolas também deverão retomar as atividades a partir do dia 10 de maio.

“Ainda não é possível autorizar esses estabelecimentos a funcionarem”, destacou o prefeito explicando que vai abrir canal de diálogo como representantes desses setores.

Vendedores ambulantes, feiras, festas comunitárias, boates, eventos de qualquer natureza, continuam proibidos. “São atividades que por sua características aglomeram pessoas e deixam a população mais vulnerável a contrair o novo coronavírus”, justificou o prefeito.

O decreto a ser publicado traz ainda uma sérei de medidas de biosegurança que precisarão ser seguidas, como utilização de máscaras, distancia segura entre uma pessoa e outra, fornecimento de equipamentos aos funcionários, álcool em gel para os clientes dentre outras ações.

“A flexibilização é possível graças as medidas amargas, mas necessárias, que colocam Cuiabá entre as cidades aptas para a aplicação do plano estratégico. Segundo o boletim epidemiológico, a capital mato-grossense se encontra no grupo de cidades em estado de alerta, porém com números de casos confirmados e óbitos por conta do novo coronavírus abaixo da incidência nacional”, argumentou Emanuel Pinheiro.

fonte: https://agoramt.com.br/cuiaba/prefeito-de-cuiaba-autoriza-abertura-gradual-do-comercio-em-horario-reduzido/89156

Comentários estão fechados.

Comentários estão fechados.