Governo se prepara para combater focos de incêndios nos próximos meses

56

A força-tarefa composta pelos Corpos de Bombeiros Militares de Mato Grosso (CBMMT), Mato Grosso do Sul (CBMMS) e Distrito Federal (CBMDF), bem como a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) concluíram a missão de combate a incêndios florestais com êxito na região do Pantanal sul mato-grossense.

A operação integrada teve início na segunda-feira (20/04) e perdurou até este domingo (26/04), quando o comandante do incidente realizou um sobrevoo de monitoramento, certificando-se de que as frentes de incêndios localizadas na região norte de Corumbá (MS) estavam extintas.

A tripulação do Grupo de Aviação Bombeiro Militar (GAvBM) lançou cerca de 70.000 litros de agentes extintores durante mais de 21 horas de operação com o uso da aeronave, o que facilitou as ações da equipe terrestre e o êxito na força tarefa.

As equipes vêm atuando de forma conjunta desde o início da operação. Nesta sexta-feira (24/04) as equipes terrestres continuaram sendo transportadas pelo helicóptero da PMMS para combater a frente de incêndio que deslocava no sentido sul do morro localizado ao norte de Corumbá. Mais uma equipe de reforço de recursos estava combatendo outra frente de incêndios próximo à base avançada.

Com o aumento da temperatura e intensidade das rajadas de vento, a frente de incêndio ganhou força, transpondo os aceiros e barreiras úmidas criadas no local, sendo necessário o emprego das aeronaves em conjunto com as equipes terrestres.

Assim a tripulação GAvBM iniciou as ações de descarga do agente extintor. Foram lançados cerca de 28 mil litros de água no combate aéreo, diminuindo a força da frente de incêndio.
Entre os recursos disponibilizados pelas forças militares envolvidas foram utilizadas três aeronaves, um helicóptero, cinco veículos Auto Rápido Florestal, 31 bombeiros militares em terra, nove pilotos, além do apoio da comunidade local.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.