CPI da SEMOB é instaurada na Câmara Municipal de Cuiabá nesta segunda-feira (11)

10

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada pela Câmara Municipal de Cuiabá através da Resolução Nº 013/2020 de 07.05.2020, para investigar possíveis irregularidades na Secretaria de Mobilidade Urbana da Capital (SEMOB), foi instaurada oficialmente na manhã desta segunda-feira (11), durante a primeira reunião de seus membros.

A CPI é presidida pelo vereador Diego Guimarães (Cidadania), tendo como relator Lilo Pinheiro (PDT) e membro Wilson Kero Kero (Podemos). A reunião foi aberta pelo presidente da comissão que inicialmente fez a leitura do objeto da referida investigação, sendo: semáforos inteligentes, contrato de serviço de recolhimento, custódia, gestão informatizada de veículos removidos por infrações administrativas ao código de trânsito brasileiro, JARI – Junta Administrativa de Recursos de Infração e indústria de multas e taxas (aplicação do dinheiro das multas).

 Na seqüência, Guimarães facultou o uso da palavra aos demais membros da comissão. Lilo Pinheiro afirmou que agirá com impessoalidade na condução dos trabalhos, atuando de forma serena para alcançar os objetivos da CPI e que as deliberações serão sempre encaminhadas nesse sentido.

 Kero Kero disse que espera com tranqüilidade os trabalhos coordenados pelo vereador Diego Guimarães, no entanto, informou que tem recebido muitas denúncias e reclamações sobre a SEMOB, principalmente sobre os semáforos inteligentes e a destinação das multas aplicadas aos motoristas na Capital.

 Diego Guimarães ressaltou a importância da CPI definir de imediato, as diretrizes e o cronograma de trabalho da comissão. Na ocasião, submeteu para apreciação dos demais membros, as seguintes datas: 11 de maio para instauração e definição das diretrizes de trabalho a partir de 25 de maio para a realização das oitivas Até 25 de agosto como data limite para apresentação de requerimentos e ajuntada de documentos aos autos, quando se dará o início da elaboração do relatório final das atividades da comissão parlamentar. O cronograma foi aprovado por todos os membros.

 Antes de encerrar a reunião, os parlamentares também deliberaram sobre a necessidade de fazerem uma visita à Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (DEFAZ), com o propósito de conhecer o inquérito que vem sendo conduzido pelo órgão, na investigação de supostas fraudes ocorridas na licitação para aquisição de semáforos inteligentes por parte da Prefeitura da Capital.

 Também foi aprovada a requisição de um relatório por parte do executivo municipal, que contenha a arrecadação das multas de trânsito aplicadas nos últimos 03 anos pela SEMOB, assim como a cópia dos contratos oriundos de licitação e suas respectivas medições, juntamente com as notas de empenho, ordens de pagamento e cronogramas físico/financeiro.

 O vereador Diego Guimarães ainda determinou que sua assessoria criasse e disponibilizasse para uso da população, canais de denúncias sobre os assuntos em investigação por parte da CPI, através de um número de whats app e de um email institucional.

 A comissão se reunirá novamente na próxima segunda-feira (18), data escolhida pelos seus membros para as reuniões semanais.

Câmara Municipal de Cuiabá

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.