Filho de 15 anos mata o pai com 10 facadas em MT

583

Menor de 15 anos foi apreendido, após confessar ter matado o pai com mais de 10 golpes de faca, na cidade de Paranatinga (373 km ao Sul de Cuiabá), no último domingo (10). O corpo de Elder Moreira de Lima, 35, foi encontrado só no final da tarde de segunda-feira (11), enterrado em um terreno próximo da sua casa.

De acordo com as informações, no fim da tarde de segunda, Polícia foi acionada por populares que encontraram um corpo enterrado. Segundo as testemunhas, ele foi identificado já que estava só com os pés para fora da terra.

Assim que o local foi isolado, populares começaram a se aglomerar no local e logo identificaram a vítima como Elder Moreira de Lima. Familiares confirmaram que se tratava do homem, que estava desaparecido desde a última noite de domingo.

 

Perícia Oficial e de Identificação Técnica (Politec) esteve no local e informou que a vítima tinha mais de 10 cortes no corpo. Polícia Civil registrou o caso e abriu um inquérito para investigar a morte.

Ameaça motivou morte

Durante as diligências, os investigadores chegaram até o adolescente de 15 anos, filho da vítima. Ele decidiu se entregar após ver que um amigo e sua mãe foram detidos suspeitos do crime.

Ele foi encaminhado para depor, onde confessou ter matado o pai, que tinha envolvimento com o tráfico de drogas e praticava agressões físicas e ameaças contra o menor.

Antes do crime, Eder teria pedido ao filho para ele arrumar um arma de fogo para ele e, em troca, ofereceu uma quantidade de droga. Segundo o suspeito, ele ainda fez ameaças, dizendo que se ele não arrumasse a arma, iria bater nele com fio, no estilo “salve”.

O menor relatou aos policiais que as ameaças eram constantes e que, por isso, decidiu mata-lo. Por volta das 18h de domingo, ele foi até a casa do pai, disse que tinha conseguido a arma e juntos foram até o local do crime.

No terreno, que fica próximo de um bambuzal, quando Elder se abaixou para pegar uma sacola com a suposta arma, o menor desferiu a primeira facada no tórax do pai, que teria tentado reagir, mas sem sucesso. Em seguida, o suspeito imobilizou a vítima e desferiu mais 10 golpes de faca.

Ele deixou o corpo ‘escondido’ no local e por volta das 2h de segunda-feira, cavou uma cova e enterrou o corpo. Ele segue aprendido na delegacia da cidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.