Mauro Mendes acusa prefeitos de não fazerem testes de Covid-19 na população

36

ReporterMT

Em entrevista ao Conexão Poder, o governador Mauro Mendes (DEM) detonou a falta de aplicação de testes em pacientes com suspeita de coronavírus, que segundo ele, é atribuição das prefeituras. O chefe do Executivo estadual, que está em quarentena em casa, após contrair Covid-19, aponta que a falta de testagem tem contribuído para o agravamento da doença e com isso à rápida lotação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) já que esses pacientes têm chegado aos hospitais já em estado grave. “Tem muito prefeito que fez isso. Eu conheço prefeitos que compraram 10 mil,  20 mil testes e estão testando sua população e aqui não estamos vendo isso e isso está causando  problema sério e até morte de pessoas por falta dessa estratégia correta”, criticou.

Mauro disse tem cobrado que os prefeitos façam isso. “Não só aqui em Cuiabá, temos cobrado em Rondonópolis e temos cobrado no interior. Estamos oferecendo ajuda e falo aqui, os prefeitos também receberam dinheiro e têm que fazer. (…) Não basta ficar esperando e querendo que caia do céu. Corre atrás; vai atrás”, afirmou.

Na entrevista, Mauro Mendes deixou claro que defende que os pacientes sejam testados e possam ser medicados no início do quadro da doença, evitando que situação fique grave e precise de leito de UTI. Essa testagem ele aponta que tem que ocorrer lá na porta de entrada desse paciente que são as unidades de pronto atendimento e policlínicas.

“Não está tendo esses testes nas unidades básicas de saúde, como não está tendo os testes na atenção primária. Quando chegam no hospital do Estado já chegam direto na UTI por isso está lotando rápido. O que está acontecendo é lamentável. Estamos cobrando os prefeitos e cobrando o Ministério Público. Gente pelo amor de Deus vamos atrás de testes! Todo os testes que o Ministério da Saúde mandou para o governo a gente distribuiu para prefeituras, mas os prefeitos poderiam ter comprado, o governo também comprou para ele, para a gente testar  todo mundo. Tem que tomar providência, o problema é que alguns lamentavelmente não estão fazendo isso”,apontou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.