Prefeita cede a pressão de empresários e reabre comércio em Chapada dos Guimarães

138

Após protesto dos comerciantes na manha deste sábado (13), o Comitê de Enfrentamento ao Covid-19 de Chapada dos Guimarães se reuniu e decidiu voltar atrás na decisão do fechamento do comércio não essencial, que foi decidido na reunião de quarta-feira (10).

Esta medida foi a de ponderar as decisões tomadas, e reavaliar os novos critérios mais detalhados e técnicos que serão apresentados pela saúde do município, para daí subsidiar futuras decisões.

Então ficou definido que o horário de funcionamento do comércio continua o mesmo determinado em decretos, mas será proibido o funcionamento aos domingos e feriados das atividades econômicas do comércio varejista, atacadista em geral. Estes poderão dar continuidade às suas atividades, observado o horário de funcionamento das 10hs às 16hs de segunda a sábado.

Bares e restaurante podem funcionar das 10hs às 22hs.

Feira de Pequenos Produtores horário tem funcionamento aos sábados e domingos na Praça do Festival das 06h às 12h.

Os postos de combustíveis funcionarão das 07h  às 19h e a administração pública das 13h às 17h.

UPA- Unidade de Atendimento Frei Osvaldo funciona 24 horas.

O fechamento do comércio foi recomendado pelo Ministério Público e havia sido anunciado pela prefeita Thelma de Oliveira (PSDB) como medida para impedir o avanço do coronavírus.

No último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura na sexta-feira (12), Chapada tinha 206 casos notificados, sendo que 76 pessoas estavam em isolamento, duas internadas na UTI e 10 são consideradas recuperadas.

A cidade registrou duas mortes por coronavírus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.