Liderança na região Sul critica Usina de Álcool e Açúcar que descumpre direitos trabalhistas

214

Sid Carneiro

Liderança política e funcionário público concursado na região Sul, Rosandro Moura se mostrou decepcionado com o tratamento recebido por 300 funcionários que foram demitidos recentemente de uma das maiores empresas no município de Jaciara, a Usina Porto Seguro. As demissões somam um total de 600 quando relacionadas às outros demitidos anteriormente e que estão na mesma situação.

Nesta terça-feira (16), os trabalhadores voltaram a manifestar suas insatisfações com o desrespeito da empresa para atualização dos pagamentos. “Acordos feitos no passado e no presente que não foram cumpridos pela empresa. Não é assim o tratamento dado aos trabalhadores”, avaliou Rosandro.

Há mais de quatro meses, os ex-funcionários negociam com a empresa via sindicato, os saldos de parcelas de um acordo, com a empresa para quitar as dívidas com os trabalhadores. A maioria dos demitidos são  trabalhadores que residem em São Pedro da Cipa, além de Jaciara e Juscimeira.

“300 funcionários demitidos e mais que o dobro de funcionários que aceitaram acordos que não foram honrados no prazo estabelecido, conforme a lei”, observou Rosandro.

Segundo ele, a empresa comete atitude desrespeitosa com os trabalhadores que reclamam a falta de dinheiro para atenderem as famílias. “Paguem os trabalhadores e façam o determina a lei trabalhista”, reivindicou Moura.

Rosandro apelou à Justiça para que revejam os acordos que a empresa não cumpre com os trabalhadores. “Justiça, ajude essas pessoas que precisam levar o sustento para dentro de casa. Não pedem nada mais do que o direito delas. O trabalhador não pode ser tratado dessa maneira. Isso é uma vergonha para todos nós”, afirmou.

Segundo Rosandro, o grupo Porto Seguro não pode omitir qualquer tipo de informação aos trabalhadores que não sabem o motivo para a suspensão dos pagamentos que foram acordados na Justiça. “Esse grupo tem que falar com os trabalhadores e assegurar os direitos dos trabalhadores”, disse.

Rosandro aproveitou para convocar a classe politica do município à luta dos trabalhadores, que tem recebido o apoio do deputado estadual e ex-prefeito de Jaciara, Max Russi (PSB) e do prefeito Abdo Mohammad e de alguns vereadores. O deputado, que também esteve presente na manifestação cobrou e alertou as autoridades de órgãos trabalhistas, a angústia dos trabalhadores no Plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.