PGR avalia notícia-crime contra Damares por fala sobre governadores

54

O STF (Supremo Tribunal Federal) encaminhou à PGR (Procuradoria Geral da República) notícia-crime apresentada contra a ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos). O procedimento é de praxe. Caberá ao procurador-geral da República, Augusto Aras, decidir se leva o processo adiante ou se o arquiva. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Damares foi alvo da notícia-crime por ter declarado, na reunião ministerial de 22 de abril. que “pediria a prisão de governadores e prefeitos” por supostas violações dos direitos humanos durante ações no combate à pandemia. Para o autor da representação, o advogado Ricardo Schmidt, a ministra incorreu em possível crime de tentativa de impedir o livre exercício dos Poderes dos Estados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.