Enfermeira que venceu o câncer ajuda projeto boneca esperança para crianças com câncer em MT

Para ajudar na doação das bonecas em Cuiabá, é preciso entrar em contato com a Júlia por meio da página dela no Instagram. Cada boneca custa R$ 50. Com o dinheiro arrecadado, ela vai comprar as bonecas e, quando elas chegarem, a doação será feita A arrecadação teve início nesse domingo (10). Já são mais de 90 bonecas adquiridas e ela estima arrecadar mais

23

A enfermeira Júlia Salomé de Souza, de 33 anos, que mora em Cuiabá, está ajudando no projeto que doa bonecas de pano carecas para crianças com câncer. Ela enfrentou a doença recentemente.

Júlia descobriu que estava com câncer de mama em abril de 2019. Passou por duas cirurgias e 16 sessões de quimioterapia.

Quando viu que ela era careca se sentiu emocionada e então surgiu a ideia de buscar parceria para a produção das bonecas para doação.

Júlia estava com um nódulo na mama. Desde o começo do tratamento, ela disse que sempre pensou positivo e que era só uma fase. O mais difícil foi perder os cabelos e, quando soube que isso iria acontecer, sofreu muito, mas, depois, disse que continuou se sentindo bonita e viu que não tinha razão para o sofrimento.

“Eu tento enxergar sempre de uma forma positiva. Eu sabia que seria um caminho muito difícil, mas eu sabia que uma hora iria passar e iria dar certo”, afirma.

Julia ganhou uma boneca e teve a ideia de ajudar o projeto e crianças de Cuiabá — Foto: Arquivo pessoal

Julia ganhou uma boneca e teve a ideia de ajudar o projeto e crianças de Cuiabá — Foto: Arquivo pessoal

Ela procurou nas redes sociais por mulheres que estavam passando pela mesma situação e conseguiu muita ajuda. Começou a postar vários relatos sobre o tratamento para ajudar outras mulheres.

Depois, ela recebeu a notícia de que o tumor estava diminuindo e, nesse momento, não tem nenhuma célula cancerígena no corpo. A última sessão de quimioterapia foi no dia 19 de março e a última cirurgia, no dia 14 de abril.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, ela não pôde comemorar com a família o resultado, porém, recebeu uma caixa de presente com uma carta dos primos e irmãos parabenizando-a.

Projeto é desenvolvido no ES — Foto: Instagram/Reprodução

Projeto é desenvolvido no ES — Foto: Instagram/Reprodução

‘Boneca Esperança’

Quando abriu a caixa, tinha uma “Boneca Esperança”. Ela chorou bastante ao ver a boneca de pano, careca, com um turbante, e se sentiu representada. Então, foi atrás da história dessa boneca. Descobriu o projeto e conversou com a responsável pelo projeto, que mora no Espírito Santo.

A responsável pelo projeto tem uma filha de 8 anos que descobriu um câncer na mama em janeiro deste ano. Ela decidiu fazer as bonecas, porque, além da sua filha, viu que muitas crianças com câncer não se sentiam representadas de alguma forma.

Ela criou o projeto Esperança e a cada boneca vendida doa outra.

A família está passando por um momento muito difícil devido à pandemia e decidiu ajudar.

Júlia está arrecadando dinheiro para comprar as bonecas e as que serão doadas doar em Cuiabá, mas ela incentiva a compra direto pelo projeto.

Para ajudar na doação das bonecas em Cuiabá, é preciso entrar em contato com a Júlia por meio da página dela no Instagram. Cada boneca custa R$ 50. Com o dinheiro arrecadado, ela vai comprar as bonecas até o dia 20 de maio e, quando elas chegarem, a doação será feita.

A arrecadação teve início nesse domingo (10). Já são mais de 90 bonecas adquiridas e ela estima arrecadar mais.

“Uma criança daqui vai ganhar, uma do Espírito Santo doada pela Valéria e a família dela vai ser ajudada durante a pandemia”, afirma Júlia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.