Prefeito de Tangará da Serra é cassado por pagar o próprio salário enquanto esteve fora do cargo

27

A Primeira Câmara de Direito Público e Coletivo do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) acolheu por unanimidade, o parecer da desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos que determina a suspensão do mandato do prefeito de Tangará da Serra (240 quilômetros de Cuiabá), Fábio Junqueira Martins (PSL). O gestor foi condenado por determinar o pagamento do próprio salário no período em que esteve fora do cargo, em 2014, quando também havia perdido seus direitos políticos por improbidade administrativa.

A decisão, que determina, ainda, a suspensão dos direitos políticos de Junqueira por oito anos, mais pagamento de multa, ressarcimento dos danos ao erário, entre outras sanções, foi publicada no Diário Oficial de Justiça na última segunda-feira (24) e atende a recurso do Ministério Público Estadual (MPE).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.