Escolas apostam na interação com famílias para motivar alunos e diminuir distanciamento

8

Em tempos de pandemia, as Escolas Estaduais de Educação Especial criaram estratégias para trabalhar as atividades pedagógicas durante o isolamento social. Para isso, os professores entram em contato com os pais para informar sobre as atividades online. As famílias sem acesso à internet também são contempladas, pois as escolas desenvolveram apostilas. Com isso, as equipes gestoras garantem uma interação entre os alunos, pais e escola.

Em comum, as escolas buscam atender à ansiedade dos alunos que vivem uma realidade atípica, pois estavam acostumados a conviver em grupo com os colegas. Para diminuir essa aflição, equipes gestoras e professores buscam atividades em grupo dentro da família e não economizam a tecnologia – produzem vídeos de atividades e os alunos também gravam mostrando o que fazem em casa com pais e irmãos. Os vídeos são compartilhados em grupos de WhatsApp de pais e alunos.

Na EE Raio de Sol, em Cuiabá, a coordenadora pedagógica Valdite Heinsen, destaca que, no início, os professores ficaram um pouco apreensivos e com muitas dúvidas sobre como poderiam estar próximos dos alunos no momento de distanciamento social.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.