“Só falta chover pra cima”, disse Zé Medeiros (Podemos) ao rebater desistência de Abílio

46

“Só falta chover pra cima”, disse o deputado federal, José Medeiros (Podemos) ao rebater de forma irônica a possibilidade de a pré-candidatura do vereador Abílio, à prefeitura de Cuiabá, sofrer interferência jurídica pela oposição. O deputado foi o entrevistado do jornalista Hugo Fernandes e do Cientista Politico, Vinícius de Carvalho, durante uma Live, na tarde desta quarta-feira (2).

Apesar de ter retornado à Câmara de Vereadores sob uma decisão jurídica com liminar, Abílio pode se eleger, mas com riscos de não assumir o cargo.

Para alguns, Abílio anulou sua cassação no judiciário estadual em 1ª instância, mas de forma precária, que pode ser questionada no Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

Zé Medeiros disse que Abílio está tranquilo e afastou qualquer possibilidade de renúncia à pré-candidatura para ser substituído pelo também vereador, Felipe Velaton.

“Não tememos isso. Não vejo ele tendo que recorrer ou desistir para apoiar Felipe Velaton”, afirmou Medeiros.

Segundo o deputado, o projeto do Podemos em torno de Abílio está muito sólido. “É pré-candidatura com uma chapa aguerrida que tem o respaldo nacional da deputada Renata Abreu que gostou muito do perfil do Abílio”, assegurou o deputado.

Medeiros disse ainda, que a candidatura de Abílio, após a convecção partidária até o dia 16 deste mês, apresentará uma chapa competitiva atendendo o perfil do eleitorado jovem e conectado com a política. “Abílio tem esse perfil e que combina com o eleitor jovem, conectado e que se comunica pelas redes sociais. Vai ser muito interessante”, disse.

Sobre sua pré-candidatura ao Senado, Zé Medeiros se mostrou confiante na vitória por entender que tem apoios com credibilidade junto ao eleitorado mato-grossense. Neste caso, o Podemos fechará a coligação no dia 16. “Candidatura de pobre é tranquila não tem briga por suplência”, avaliou.

O ex-vice-prefeito de Cuiabá, Niuan que desistiu enfrentar Emanuel Pinheiro (MDB), disputará a suplência de Medeiros. Ao comentar sobre a campanha municipal em Rondonópolis, o deputado se posicionou contra a atual administração de Zé do Pátio, mas não se comprometeu com os possíveis apoios aos pré-candidatos na cidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.