Homem Aranha venezuelano se virando em Cuiabá para ganhar um troco

20

Venezuelano, pedreiro, casado, paí de três filhos, viu na imaginação do super-herói Homem Aranha, uma forma de atrair os olhares dos cuiabanos nos sinaleiros de Cuiabá, aonde está a puco mais de dois meses. Mesmo documentado, ele ainda não conseguiu emprego, diante da crise de emprego e renda que afetou a todos no Brasil.

Ele que não quis se identificar disse que mora na Casa da Pastoral do Imigrante com a família enquanto aguarda uma oportunidade de emprego ou trabalho de pedreiro.

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.