Sema anuncia rigor da lei contra crimes ambientais em Mato Grosso

24

Ser eficiente para permitir que o cidadão trabalhe na legalidade, atuar fortemente no combate às infrações ambientais e facilitar o acesso do cidadão ao licenciamento.

Estas são as condições, segundo a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, para colocar Mato Grosso entre os grandes players mundiais, que conseguem produzir, conservar e incluir sua população no processo de desenvolvimento sustentável.

Em sua opinião, o Governo do Estado caminha nesta direção, ao reduzir, logo no primeiro ano de gestão o tempo médio de emissão do licenciamento; ao simplificar o acesso de empreendimentos de pequeno porte, beneficiando mais de 200 atividades; e ao criar uma força tarefa para julgar autos de infração envolvendo mais de 500 imóveis e mais de R$ 1 bilhão em multas.

Além disso, Mato Grosso conseguiu em 2020, apesar do cenário de desastre apresentado, reduzir em 25% o desmatamento entre junho e outubro, em comparação ao ano anterior.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.