Vereador Dilemário cobra plano municipal de vacinação contra a Covid-19

71

O vereador Dilemário Alencar, reeleito pelo Podemos, entregou nesta segunda-feira (4), um ofício protocolado na sede da Prefeitura de Cuiabá, cobrando do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), a apresentação de um Plano Municipal de Operacionalização para Vacinação contra a Convid-19.

 

Na sessão de posse dos vereadores eleitos em 2020, ocorrida no último dia 1º, o parlamentar usou a tribuna para anunciar a sua iniciativa. Ele argumentou que diante do plano nacional de vacinação, apresentado em dezembro pelo governo federal, muitos municípios brasileiros já tomaram a iniciativa de apresentar planos municipais de operacionalização para a vacinação, diante do agravamento dos casos de infecção e mortes que vem ocorrendo pela Covid-19.

 

“O prefeito até agora não apresentou nada de concreto sobre como irá ocorrer a vacinação da Covid-19, em nossa cidade. A população precisa saber qual o calendário para o início da vacinação, como vai ser a aquisição de insumos, a contratação de profissionais da saúde, a estratégia de armazenamento e logística para a distribuição das doses nos pontos onde ocorrerá a vacinação, e se a prefeitura vai comprar doses da vacina, ou se todas as doses serão doadas pelos governos federal e estadual”, disse o vereador Dilemário.

 

O parlamentar disse também que o prefeito Emanuel Pinheiro precisa dialogar com o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) e o governador Mauro Mendes (DEM) para que Cuiabá obtenha o mais urgente possível, doses da vacina no número suficiente para atender toda a população. Pontuou também, ser preciso, de forma preventiva, que a prefeitura inicie já o processo para aquisição de materiais como seringas, agulhas, coletores perfurocortantes, medidas de contratação de profissionais necessários para a vacinação, escolha de local para funcionar uma central logística para o armazenamento e conservação das vacinas e o levantamento de toda estrutura necessária para o bom trabalho das equipes de saúde, responsáveis pela vacinação.

 

“Assim que a vacina chegar à Cuiabá, a prefeitura precisa estar preparada para cumprir com eficiência a vacinação. Para tanto, é preciso organização e boa aplicação dos recursos para o combate à pandemia do coronavírus. Somente desta forma é que será garantido que toda a população possa ser contemplada, tanto na aplicação da primeira dose, como na segunda dose, visto que a vacinação ocorrerá em duas etapas”, pontuou o vereador Dilemário.

Deixe uma resposta