Polícia encontra irmãs planejando roubos em Rondonópolis com outros adolescentes e adultos

75

ReporterMT

As irmãs, de 13 e 15 anos, dadas como desaparecidas desde a madrugada de terça-feira (5),  em General Carneiro (442 km de Cuiabá), foram encontradas no meio de uma quadrilha de adolescentes, do qual fazem parte, no bairro Mathias Neves, em Rondonópolis (212 km da Capital).

Cinco menores foram apreendidos pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos.

Os investigadores receberam uma pista de que as meninas desaparecidas estavam em uma casa da cidade, no entanto, ao chegarem ao local constataram que elas estavam envolvidas com o bando. Elas eram comparsas de crimes que ocorriam desde 1 de janeiro. Na casa, os policiais encontraram uma arma de fogo e munições calibre 32, e vários celulares.

Havia dois maiores de idade, ainda é investigado se eles faziam parte do bando dos menores. Todos foram levados para Delegacia de Polícia. Na unidade policial, funcionários de um comércio reconheceram seis dos setes, os quais teriam roubado o local.

Irmãs

As irmãs foram dadas como desaparecidas, na madrugada de terça-feira (5), no bairro São José, na cidade de General Carneiro (442 km de Cuiabá). As vítimas se mudaram para cidade no dia 29 de dezembro, após denunciarem o pai por abuso sexual.

Conforme apurou o RepórterMT, o Conselho Tutelar de Barra do Garças (509 km da Capital), município onde residiam com o pai, entregou as adolescentes para a avó e tia, com quem elas estavam residindo.

Deixe uma resposta