Portador de HIV é acusado de passar doença de propósito para vários homens em Cuiabá

A denúncia partiu do próprio companheiro que foi contaminado de propósito e registrou BO em uma delegacia da capital

61

Folhamax

Um jovem de 27 anos, nome não revelado, realizou uma denúncia na polícia em Cuiabá neste domingo (10). Ele relatou que um outro homem, com quem estava mantendo relações sexuais, teria lhe contaminado propositalmente com o HIV, o vírus da Aids.

Segundo o jovem, ele teria tido relações sexuais com o rapaz e, depois disso, realizou o teste para HIV e deu positivo. Preocupado, ele foi avisar o outro homem sobre o resultado do exame para que ele soubesse que o havia contaminado e este respondeu que “passou mesmo e que era para a vítima se virar”.

Diante dos fatos, a vítima resolveu denunciar que o suspeito estava contaminando outros homens em Cuiabá, propositalmente. O caso foi registrado.

CRIME

Artigo 130 – Expor alguém, por meio de relações sexuais ou qualquer ato libidinoso, a contágio de moléstia venérea, de que sabe ou deve saber que está contaminado: Pena – detenção, de três meses a um ano, ou multa. § 1º – Se é intenção do agente transmitir a moléstia: Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa.

Deixe uma resposta