Deputado do PSB é mais um entusiasta para ampliação das escolas militares em MT

Dr. Eugênio (PSB) articulou a inauguração para o próximo dia 8 de fevereiro da escola militar em Barra do Garças. Devido a Covid-19, a escola vai funcionar no sistema on-line

20

A Escola Militar Tiradentes de Barra do Garças, criada pelo governador Mauro Mendes, por intermédio e ações do deputado estadual Dr. Eugênio (PSB), vai funcionar na escola estadual São João Batista, localizada no bairro Santo Antônio, e será dirigida pelo coronel Guedes. Devido à pandemia do coronavírus, a escola será inaugurada com aulas on-line, com data prevista para início no dia 8 de fevereiro.

Segundo o coronel Guedes, da Polícia Militar, a escola Tiradentes vai atender inicialmente 400 alunos da sexta série do ensino fundamental até o primeiro ano do ensino médio. As matrículas foram feitas pela plataforma digital Matricula Web, do site da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Apesar de muitos educadores – e estudantes – ‘torcerem o nariz’ para a disciplina rígida das escolas de orientação militar, o bom desempenho em avaliações nacionais e o ambiente acadêmico com foco na formação completa do estudante tornam essas escolas verdadeiras ilhas de excelência em meio à educação pública brasileira.

A aproximação de uma instituição de ensino, especialmente se for pública, com a sua comunidade (pais, alunos e professores) é um dos segredos para o sucesso. De acordo com os educadores, a troca de conhecimentos e cidadania entre a escola e as famílias dos alunos é um passo adiante no caminho do bom desempenho escolar, na valorização da cidadania e no processo de socialização.

Este modelo de abrir a escola militar em Barra do Garças já em 2021 para as famílias dos alunos faz com que elas vejam na escola algo mais do que um simples local para ensinar seus filhos.

Esse projeto tem a participação do governo do estado, por meio da Seduc e Secretaria de Segurança Pública, com a gestão de profissionais da Polícia Militar. Um subtenente e um sargento fazem parte da equipe do coronel Guedes.

Na parte pedagógica, professores, secretários, serventuários, agentes de limpeza e vigilantes e merendeiras são cedidos pela Seduc. A escola está pronta, apenas aguardando a reforma e um decreto governamental para os trâmites legais.

Nesse primeiro momento, os alunos que já estudavam na Escola São João Batista tiveram a preferência de rematrícula, cujo procedimento no final do ano passado estava sendo feito no próprio site da Seduc com a reserva de vagas.

Alunos procedentes de outros estabelecimentos escolares precisam levar documentos como declaração ou transferência escolar, documentos pessoais, certidão de nascimento e carteira de vacinação para efetivação do aluno.

As matrículas on-line se encerraram na semana passada e agora a escola militar aguarda a definição das turmas para verificar se sobraram vagas.

Luta do deputado Dr. Eugênio – Desde o início de seu mandato, Dr. Eugênio tem cobrado sobre o tema ao Executivo estadual. “Fizemos audiências e diversas reuniões. E agora, mesmo neste momento tão complicado vivido na nossa saúde, conseguimos uma vitória para a educação. Ainda queremos levar o sistema educacional para demais escolas, para o Araguaia”, comemora Dr. Eugênio.

Prova do empenho do parlamentar é que, em abril de 2019, ele se reuniu com o secretário executivo adjunto de Educação, agora  chefe da pasta, Alan Porto, levando a situação e o clamor da população de Barra do Garças pelo sistema de ensino.

Já em setembro do mesmo ano, Dr. Eugênio foi a Barra do Garças e discutiu com a população em audiência pública a retomada das obras do projeto escolar militar Tiradentes na antiga instalação da Escola Dom Bosco.

Em março de 2020, na época secretária estadual de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, e o vice-governador de MT, Otaviano Pivetta, junto com o deputado Dr. Eugênio, estiveram em Barra do Garças reunidos com o prefeito do município, Roberto Farias, onde decidiram qual unidade iria abrigar a escola militar. Também foi acordado o modelo de gestão compartilhada.

Gestão Compartilhada – O modelo de gestão compartilhada com a Polícia Militar de Mato Grosso será composto por: gestão estratégica, gestão cívico-militar e gestão pedagógica. Na parte estratégica, a Secretaria de Educação, em articulação com a Polícia Militar, ficará responsável pelo planejamento e definição de estratégias para a prática pedagógica da Escola Militar Tiradentes de Barra do Garças.

Na gestão cívico-militar, caberá à Polícia Militar implantar na escola rotinas militares que possam contribuir para o desenvolvimento de um ambiente que cultive a disciplina, o respeito à hierarquia, a meritocracia e a promoção de um ambiente organizado e acolhedor, voltado à melhoria da aprendizagem dos estudantes.

Na gestão pedagógica e administrativa, a Secretaria de Educação será responsável pela execução do projeto político-pedagógico definido pela comunidade escolar.

Deixe uma resposta